ROÇA
2020 - 2021 (em andamento)

A Fazenda do Pinheirinho, afetuosamente chamada de "roça", é a última das pequenas fazendas que beiram a extensa estrada de terra que se encontra logo nos primeiros morros do município da Borda da Mata, no extremo Sul de Minas Gerais. Embora tenha sido o berço de criação de nove irmãos (contando com minha mãe), somente três deles vivem lá até os dias de hoje. 

Por um viés histórico, pretendo apresentar relações entre os impactos gerados entre a permanência no campo e o êxodo para a cidade a partir da perspectiva dos diferentes membros familiares. Pelo lado pessoal, busco me reaproximar desse lugar que, apesar de ter pouco o visitado no passado, me preocupo com seu inevitável abodono no futuro.

press to zoom

press to zoom

press to zoom

press to zoom

O CASAMENTO

Série integrante de 'Roça', as imagens mostram recortes de cenas do vídeo gravado no dia da assinatura do livro de casamento de meus pais, no dia 12 de Dezembro de 1988, na Fazenda do Pinheirinho.

 

A gravação amadora de Seu Adenor, um amigo próximo da família, ilustra de forma bucólica um ideal imaginário, fazendo alusão às poucas lembranças de infância que possuo deste lugar. 

press to zoom

press to zoom
Capture7
Capture7

press to zoom

press to zoom

Sendo um fragmento de 'O Casamento', a breve sequência de recortes abaixo apresenta os momentos seguintes à recém assinatura de Alzira (avó materna do artista) no livro de registros matrimonais: sorrindo, ela caminha por entre as primaveras, vira-se, e olha profundamente para sua filha.

A cena, que permanece em tela por apenas alguns segundos, expressa um sentimento fraterno por minha avó e é um dos últimos registros que possuo depois de seu falecimento, ocorrido poucos meses depois que nasci. 

press to zoom

press to zoom

press to zoom

press to zoom